Notícias Fecomercio

11 de junho de 2019

Erro 301 do eSocial: saiba como proceder após falha no envio de dados


Erro pode ser tanto de um bug sem solução instantânea ou uma falha com procedimento orientativo

Recentemente a Receita Federal alertou que várias empresas estão recebendo um erro ao tentar enviar arquivos pelo eSocial. O código do Erro 301 é utilizado pelo sistema para tratar situações não esperadas no registro de dados, informa o órgão. Há duas situações que geram o Erro 301. Confira os detalhes deste erro e como proceder.

Falha temporária: situação causada por indisponibilidades momentâneas de infraestrutura ou nas integrações do eSocial. Quando o eSocial tenta processar determinados eventos, acessa e recupera informações registradas em outros sistemas, como o cadastro do CPF/CNPJ, procuração eletrônica, entre outras, que eventualmente não estejam disponíveis. Neste caso, a recomendação é de que se tente transmitir os dados novamente, de modo a concluir o processamento com sucesso.

Falha não catalogada: se trata de notificação de erros incomuns para os quais não há mensagens orientativas aos usuários, ou até mesmo um erro próprio do sistema que precisa de correção, como um bug. É preciso que a equipe técnica responsável pelo eSocial corrija a falha ou crie mensagens com as devidas orientações sobre como agir.

Confira a matéria completa aqui.

Voltar para Notícias

parceiros