Notícias Fecomercio

10 de julho de 2019

eSocial será extinto e dará lugar a dois novos sistemas, anuncia governo federal


Mudanças devem acontecer em 2020 e visam simplificar o sistema atual

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, anunciou nesta terça-feira (09) que o eSocial sofrerá mudanças. O sistema como se conhece atualmente será substituído por outros dois novos: um para informações trabalhistas e previdenciárias e outro para dados tributários, da Receita Federal. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) apoia a simplificação do sistema e aguarda os detalhes do governo federal sobre as mudanças.

Ainda segundo Marinho, a iniciativa do governo federal busca simplificar o eSocial, que atualmente apresenta excesso de detalhamento no envio das informações. Os novos sistemas devem entrar em vigor em janeiro de 2020.
Para os próximos meses as informações exigidas pelo eSocial devem ser reduzidas em 40% a 50%. Dados dos trabalhadores como CNH, CTPS, RG e NIS devem ser eliminados. No cadastro do empregador serão excluídas informações relativas ao cumprimento de cotas de aprendizagem e deficientes, indicativo de trabalho temporário, modalidade de registro de ponto, dentre outros.
Confira a matéria completa aqui.

Voltar para Notícias

parceiros