Notícias locais

9 de março de 2018

Jucesp considera pedido da FecomercioSP e altera índices de reajuste


Em janeiro, autarquia anunciou alta de até 15% nos serviços prestados. SÃO CARLOS tem um Posto Regional Oficial da Junta, instalado na sede do SINCOMERCIO

 

tabela_jucesp_12_03_2018

Após anunciar, em fevereiro, o aumento dos valores cobrados pelos serviços prestados, a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) reconsiderou as taxas e decidiu por um reajuste menor. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (7) e ponderou o pedido feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

No último mês, a Federação enviou à autarquia um ofício repudiando os novos valores propostos – que chegavam a 15% de alta. Atualmente, segundo a nova tabela divulgada pela Jucesp, o reajuste fica em torno de 10% e passa a vigorar a partir de segunda-feira (12).

A autarquia também voltou atrás na intenção de cobrar pelo arquivamento de novos atos, o que deixa de ser um aumento de custo e burocracia para os empresários, avalia a assessoria jurídica da FecomercioSP.

Para a Entidade, apesar de ainda estarem bem acima da correção imposta pela Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesp), feitas anualmente pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz/SP), os valores mais baixos favorecem o empresário, ajudam na retomada do crescimento econômico e possibilitam a manutenção do “custo Brasil”.

POSTO JUCESP EM SÃO CARLOS

Uma das principais conquistas do Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos (Sincomercio), sob o mandando de seu presidente Paulo Roberto Gullo, foi a vinda do Posto Regional Oficial da Junta Comercial do Estado de São Paulo, instalado na sede do sindicato, à rua Riachuelo, 130 desde 1998. “Essa é, realmente, uma das principais atuações do sindicato na cidade, o que contribui muito já que o posto oferece serviços de assessoria às empresas, escritórios contábeis e advocacia. Porém, nosso objetivo é trazer para cá um escritório da Jucesp e já há algum tempo estamos trabalhando para isso”, declarou Paulo Gullo.

O principal benefício de um Escritório da Junta em São Carlos seria a agilidade no processo dos serviços. Enquanto um Posto de Atendimento da Jucesp não defere os processos, apenas recebe e os encaminha, um Escritório realiza todo o processo, representando um ganho de tempo considerável.

A Junta Comercial do Estado de São Paulo faz a abertura, alteração e o cancelamento do registro mercantil de uma empresa. O Escritório da Jucesp em São Carlos deverá atender a todos os municípios da região entre Araraquara e Ribeirão Preto.

Voltar para Notícias

parceiros